Nasce a Vida

vida

 

E então ela descobre que carregava dentro de si: Vida. Ela carrega mais VIDA!

Muito mais Vida do que imaginava.

A partir dali brotara dentro de si mais sentido e significado à existência.

Nesse momento e nos meses que se seguiram ela exalava V-I-D-A.

A Vida corria por suas veias, passava por seus pulmões e acalentava os dois corações que agora habitavam um só corpo.

Era vida que brotava e escorria dos olhos desde a primeira batida daquele pequeno coração. Aquele pedacinho de VIDA.

Em frente ao espelho , nua, observava em si que nada mais era como antes. Tudo estava cheio de VIDA. Com as mãos na barriga sentia o universo acontecendo dentro de si. Um BIG BANG de emoções coloridas com flores rosas e lilás.

Em todas as curvas do seu corpo havia essência de vida: em seu peito se preparando para amamentar, em seu quadril que agora estava maior e até em seus pés inchados. Até a dor era sinal que ali existia VIDA. Vida que pulsava como nunca.

E ali a Vida corria tão INTENSAMENTE que certo dia de seu peito veio um pouco de leite. Parecia magia! Havia deitado mulher e despertado mãe. Não que antes ela assim não se sentisse, mas agora seu corpo reagia ainda mais à tanta Vida.

Esperança no amanhã, a calma após o pesadelo, um pedido de paz e equilíbrio ao mundo: cada criança ,em cada ventre, traz consigo uma mensagem incontestável de amor  à vida. O milagre da multiplicação ( celular) estava acontecendo dentro dela.

Os raios de Sol em seu rosto agora eram os beijos de Deus e a brisa leve ao caminhar numa manhã de inverno: o sopro da VIDA.

Tanta Vida que a sensação era que ela era o universo. E cá entre nós: nesse momento ela é um universo. Um universo que transborda VIDA!

Andrio Robert Lecheta às 02:50 horas. 16/07/2014.

Ao som de Slow it Down e Stubborn Love – The Lumineers

(Uma homenagem à minha amiga/comadre PRISCILA , grávida da minha linda e primeira afilhada Helo!O anjo que vai trazer mais vida às nossas vidas!)

Advertisements

40 Dias

MAPA

Será que suas malas estão prontas? Não esqueceu de colocar aquela camisa  do dia em que nos conhecemos? Confere para ver se a aliança está no bolso. Não precisa vir com ela no dedo não. Temos tempo para colocar toda essa bagunça em ordem.

Hoje você deve ter dado aquela olhada no calendário e o que antes era dolorido, “VER O TEMPO PASSAR” ,agora é motivador de acordar com o sorriso brilhando de lado a lado, de canto a canto do rosto!

Deu play na nossa música. Em italiano, por que sempre fomos de ter uma trilha sonora bem balanceada: francês, espanhol e italiano. Sem clichês americanos de comédia romântica!

Acordou hoje e foi fazer aquela caminhada na Ponte. Era um ritual de despedida. Talvez demoraria algum tempo até vê-la novamente. E eu sei, você sempre teve uma paixão por essas pontes! Deu aquela olhadinha naquelas fotos. Sorriu e foi reler algumas mensagens das tantas que trocamos nos últimos meses.

Nessa noite foi para a casa da vó, deu um beijo bem especial nela. Um pouco saudoso, pois sabia que demoraria vê-la novamente depois que os 40 dias se completassem! Naquele dia lavou a louça e apenas sorriu no canto da mesa, ninguém entendia, mas você estava muito feliz.

Amanheceu e anoiteceu por 40 vezes seguidas, quase uma eternidade.

Eu estava no aeroporto, sentado, secando algumas lágrimas. Eu pensei que você ia aparecer para me dizer adeus! Na minha cabeça passavam-se flashs de uma vida toda que ficava para trás e de uma nova que teria que nascer. Atravessar o oceano era um rito de passagem para um novo horizonte, o horizonte do reencontro com o que deixou-se para trás.

Ouvi a chamada do meu voo! Levantei e fui para a fila e de repente vem lá alguém correndo do fundo daquele corredor gritando meu nome a todo pulmão! E por 15 segundos eu pensei: Não, isso é cena de filme de Sessão da Tarde. Na vida real isso não acontece!

ESPERA!

Na vida real a conexão de nossas almas também não teria chance de ter acontecido e o encanto desde o primeiro olhar também não!

Era verdade! Você estava ali com as malas prontas!

Eu te abracei forte como nunca abraçara ninguém na vida. Dei um suspiro com a alma e apenas tive condições emocionais de dizer:

EU SABIA!

Andrio Robert Lecheta, 10/07/2014, às 08:10 horas.

Ao som de Before It’s Too Late ( Sam and Mikaela’s Theme)