HECHO EN ESPAÑA: Nada y Nadie es para siempre!

luz-do-amor

 

Amanhã serei mais um contato numa rede social. Uma foto esquecida e deixada ali ao lado das outras pessoas que brevemente passaram pela vida, talvez sem importância ou com relevância momentânea.

Amanhã serei aquele alguém que você conheceu por uma casualidade da vida. Vida essa que sempre conspira a afastar o que poderia ser. Serei uma beijo dado, um gosto bom, um perfume desconhecido. Um registro de um momento.

Um beijo, um sorriso e um olhar. O que se passa contigo? Está tudo bem?

A pergunta sem resposta. Um silêncio.

E se? E se amanhã eu não tivesse que arrumar as malas e ir para minha casa? Como seria? Poderia ir para a sua?

Se eu não tivesse acordado e saído de casa? Se você, se eu, se tudo aquilo não tivesse conspirado a favor? Onde estaríamos agora?

Tiempo al tiempo! Tiempo al tiempo! Tiempo al tiempo! Tiempo al tiempo y el tiempo se vaya!

Me pierdo en el intento!

A vida brinca com as peças desse quebra-cabeça e pode ser que eu não te veja mais,ela não costuma colaborar muito! E é estranha a sensação de passar por pessoas que jamais  veremos de volta. É como se elas morressem de alguma forma. Elas não estarão mais lá quando vier a vontade de revê-las .

Un beso, una sonrisa, una mirada e ahora la respiración fuerte! Fim do beijo. Está tudo bem? Isso é bom?

E se a vida desse a chance das pessoas não partirem? Não passarem tão rápido? Como seria?

Hay Dios? No hay Dios? Hay Cielo? No hay cielo?  Vãs filosofias de um dia que amanhecia!

Não importa, um beijo de novo. Agora demorado seguido pelo ritual de sempre: el cierrar de los ojos, una fuerte respiración, una mirada y el silencio.

Quizá no sea hora de decir nada! Apenas observar como as coisas na vida acontecem apenas uma vez e talvez nunca mais voltem!

TIEMPO AL TIEMPO! TIEMPO AL TIEMPO!

Melhor ter acontecido rápido do que não ter acontecido.! No lo es?

Y entonces vuelvo al silencio y pienso:

Nada y nadie es para siempre!

Esto es bueno y malo!

Bueno quando precisamos nos livrar das lembranças!

Malo quando estamos presos a elas!

 

Andrio Robert Lecheta, 09/07/2014 às 06:13

Ao som de NADIE ES PARA SIEMPRE ( Luis Fonsi)

 

2 Comments

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s